BNDigital

Ai, ai, ai… cem anos o samba faz!

< Voltar para Exposições virtuais

Subgêneros do samba

O samba de breque, com ritmo acentuadamente sincopado, caracteriza-se por paradas súbitas, o chamado "breques" permite que o cantor encaixe comentários falados alusivos ao tema. Seu mais conhecido intérprete é o cantor Moreira da Silva, cujo maior sucesso foi O Rei do gatilho, de 1962.

O samba-canção privilegia a melodia, geralmente romântica e sentimental, como o samba Castigo, de Lupicínio Rodrigues e Alcides Gonçalves.

O samba-enredo, criado por compositores das escolas de samba, tem como letra resumos poéticos de cunho histórico, folclórico, literário, biográfico, entre outros. O tema do samba é escolhido para enredo ou assunto da apresentação da escola em seu desfile.

O samba-exaltação apresenta letra de cunho patriótico. A ênfase musical recai sobre o arranjo orquestral, sendo Aquarela do Brasil, grande sucesso de Ari Barroso, o exemplo perfeito desse estilo. A música foi gravada pelo cantor Francisco Alves em 1939.

Classificação dos sambas:

SAMBA CANÇÃO

Lupicínio Rodrigues (Braza) – 1945

barra

Ataulfo Alves (Por amor ao meu amor) - 1937

barra

Nelson Cavaquinho (A flor e o espinho) - Áudio - 1958

barra

Sinhô (Jura) - Áudio - 1951

barra

Herivelto Martins (Ave Maria no morro) - 1942

barra

Mario Lago e Ataulfo Alves (Ai que saudade da Amélia) - 1942

barra

Bide (Não posso viver sem ela) - 1941

barra

Ismael Silva (Não é tanto assim) - 1933

barra

 

SAMBA EXALTAÇÃO

Ari Barroso (Amizade e Aquarela do Brasil) - 1929 e 1903

barra

barra

Wilson Batista (Chico Viola) - 1952

barra

Benedito Lacerda (A lapa) - 1949

barra

Grande Otelo (Mangueira, não!) -1943

barra

Adoniran Barbosa (Saudosa Maloca) - 1955

barra

Noel Rosa (Com que roupa) - 1951

barra

Donga (Pelo telephone) - 1938 *Conjunto regional de Donga e Zé da Zilda

barra

Mario Lago e Ataulfo Alves (Ai que saudade da Amélia) - 1942

barra

Assis Valente (Brasil pandeiro e Camisa listrada)/ Camisa listrada cantada por Carmem Miranda

barra

barra

 

SAMBA DE BREQUE

Moreira da silva (Bamba de Caxias/ 1954, Chang Lang/ 1957, Laranja tem vitamina/ 1954, Prá que é que pobre quer dinheiro/ 1964 e Jogando com o capêta/ 1958) – 1954

barra

barra

barra

barra