Manoel da Nóbrega

Manoel da Nóbrega

Manoel da Nóbrega (1517-1570)

Jesuíta português, nasceu em Sanfins do Douro. Estudou em duas universidades: Coimbra e Salamanca e, em 1541, bacharelou-se em Direito e Filosofia.

Em 1544 foi ordenado pela Companhia de Jesus e em 1548, embarcou na armada de Tomé de Souza, a serviço da coroa Portuguesa chefiando a primeira missão jesuítica na América. Participa da fundação de Salvador (1549) e no ano de 1554 lidera a fundação do Pátio do Colégio (futura cidade de São Paulo). Como conselheiro de Mem de Sá lutou contra os franceses em 1563, unindo-se a Anchieta para pacificação dos tamoios, grupo indígena que apoiava os invasores. Em 1564 uniu-se à expedição para a fundação do Rio de Janeiro, onde falece aos 53 anos.

Entre suas obras estão: “Diálogo sobre a Conversação do Gentio” (1557); “Caso de Consciência sobre a Liberdade dos Índios” (1567); “Informação da Terra do Brasil” (1549); “Informação das coisas da terra e necessidade que há para bem proceder nela” (1558); “Tratado contra a Antropofagia” (1559).