BNDigital

Rede da Memória Virtual Brasileira

< Voltar para Dossiês

Rodriguésia

Rodriguésia: Revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

André Mantovani
Karen L. G. De Toni


A Rodriguésia: revista do Jardim Botânico do Rio de Janeiro é uma publicação trimestral do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro para a divulgação de estudos científicos em diversas áreas da biologia vegetal.. Seu nome é uma homenagem ao botânico mineiro e ex-diretor do Jardim Botânico João Barbosa Rodrigues (1842-1909).

Criada em 1935, Rodriguésia publica artigos científicos originais, de revisão, de opinião e notas científicas em diversas áreas da Biologia Vegetal, como taxonomia, sistemática e evolução, fisiologia, fitoquímica, ultraestrutura, citologia, anatomia, palinologia, desenvolvimento, genética, biologia reprodutiva, ecologia, etnobotânica e filogeografia, além de textos sobre a história da botânica e atividades ligadas a jardins botânicos.

A revista tem um corpo editorial formado por destacados pesquisadores de diversos estados brasileiros e hoje é o único periódico do país a publicar artigos exclusivamente voltados para a biologia vegetal. Desde o seu lançamento foram publicados 153 números reunidos em 54 volumes, totalizando 1.287 artigos científicos originais.

Recentemente, a revista reformulou seu sítio, o que tornou possível o envio de originais e a sua avaliação, pelo conselho editorial, via internet. Aperfeiçoaram-se também as normas de publicação da revista, a fim de incentivar que artigos puramente descritivos excedam tal enfoque e evidenciem também suas relevâncias morfológica, ecológica e/ou evolutiva, melhor contextualizando o conhecimento de nossa flora. Com o mesmo intuito, criaram-se seções para publicação de artigos de revisão, opinião e notas científicas, além dos artigos originais; bem como estabeleceu-se a formatação bilíngue obrigatória das legendas das figuras (português/inglês ou espanhol/inglês).

Em 2011, a Rodriguésia ingressou nas bases SciELO e Scopus, de modo a fortalecer o seu papel na divulgação do conhecimento taxonômico sobre a biodiversidade da flora brasileira. A revista tem como meta ampliar de forma eficiente a capacidade de divulgar resultados de pesquisas científicas e, assim, contribuir ainda mais para o desenvolvimento da Botânica no Brasil.