BNDigital

4 de Julho | Morte de Monteiro Lobato

04 jul 2020

Artigo arquivado em Datas comemorativas
e marcado com as tags FBN Exposições, Literatura Infantil, Monteiro Lobato, Narizinho, Sítio do Pica-Pau Amarelo

A menina do narizinho arrebitado, obra cuja edição de 1920 aí se apresenta, tornou-se um capítulo do livro Reinações de Narizinho, de 1931; as peripécias da menina Lúcia Encerrabodes de Oliveira, a Narizinho, vão ecoar no mundo encantado do Sítio do Picapau Amarelo que até hoje encanta crianças e inspira autores de literatura infantil.

José Renato Monteiro Lobato, neto do Visconde de Tremembé, nasceu em 1882 e foi, além de escritor, ativista, editor e tradutor. Escreveu também para o público adulto e suas obras suscitam discussões quanto à ideia de eugenia que as perpassava. Entretanto é inegável seu trabalho em relação ao incentivo à imersão no mundo da leitura que seu Sítio provocou. Empreendedor, inaugura empresas com vistas a produção de petróleo, mas acaba encontrando oposição política chegando a ser preso por seis meses no Rio de Janeiro. Morreu pobre e desgostoso aos 66 anos.

Em 2019, ano em que suas obras caíram em domínio público, a Biblioteca Nacional promoveu uma exposição em que constaram, além de edições especiais de obras do autor, desenhos de Rui de Oliveira, ilustrador que compôs as figuras que identificaram as imagens dos personagens do Sítio em sua adaptação para a televisão. Participou da curadoria a bibliotecária e escritora, servidora da Biblioteca Nacional, Ana Merege.




Ver no site

Link da imagem do texto: http://objdigital.bn.br/objdigital2/acervo_digital/div_obrasgerais/drg43265/drg43265.html