BNDigital

Império do Brasil | Viagem de D. Pedro II aos Estados Unidos em 1876 – Sul

22 nov 2020

Artigo arquivado em Império do Brasil
e marcado com as tags 1876, Açúcar, Algodão, Biblioteca Nacional, Dom Pedro II, Estados Unidos, EUA, Fazendas, Louisiana, Nova Orleans, Novo Mundo, Rio Mississipi, Vapor Grand Republic

Em sua viagem pelos Estados Unidos, após percorrer algumas cidades do Meio-Oeste em maio de 1876, D. Pedro II embarcou em Saint Louis (Missouri) no vapor Grand Republic seguindo pelo Rio Mississípi rumo ao Sul do país. O vapor Grand Republic era uma embarcação típica da época. Era bastante confortável para passageiros, e também transportava cargas pelo Rio Mississípi. Foi construído em 1867 e remodelado em 1876, mas foi destruído por um incêndio em 1877.
D. Pedro II e sua comitiva chegaram a Nova Orleans (Louisiana) em 24 de maio. Ficaram hospedados no Hotel Saint Charles. Este hotel, construído em 1837, foi destruído por um incêndio em 1851 e reconstruído em 1853; novamente sofreu um incêndio em 1894 e foi reaberto em 1896, mas foi demolido em 1974.

A ilustração a seguir foi publicada no O Novo Mundo em 1872, e representa um vapor no Rio Mississípi.



O Mississípi é o segundo rio mais longo dos Estados Unidos, sendo uma importante rota comercial até hoje. Tem sua nascente no Lago Itasca (Minnesota) no Norte do país, passa por dez estados norte-americanos recebendo importantes afluentes – como os rios Illinois, Missouri e Ohio – e tem sua foz no Golfo do México, perto de Nova Orleans.

A região do Rio Mississípi foi dominada inicialmente pelos espanhóis, e depois explorada pelos franceses. No início do século XIX os Estados Unidos adquiriram essa região e anexaram também os estados do Sul ao seu território.

Os estados do Sul eram tradicionalmente agrícolas, com grandes propriedades monocultoras (principalmente de algodão e açúcar), anteriormente baseadas em mão-de-obra escrava. Os estados do Norte eram abolicionistas e mais industrializados. Em 1865, ao final da Guerra Civil Americana (também conhecida como Guerra de Secessão), foi declarada a abolição da escravidão em todos os estados norte-americanos.

D. Pedro visitou diversas instituições da cidade, como escolas e a Alfândega. Foi ao teatro Opera House com a Imperatriz D. Teresa Cristina Maria. Encontrou-se com autoridades, cientistas, homens de negócios. Conheceu a foz do Rio Mississípi. Ele visitou também algumas fazendas da região, pois estava interessado em conhecer os processos de cultura da cana e manufatura do açúcar.

Em seguida retomou a viagem de volta ao Norte do país, e visitou também o Canadá no início de junho.

As figuras abaixo foram publicadas no jornal O Novo Mundo em 1871; ilustram o processo de enfardamento do algodão e as máquinas para moer a cana de açúcar.







(Seção de Iconografia)



“Scena no Mississippi: desembarque perto de New Orleans” – ilustração publicada no periódico O Novo Mundo em 1875.