BNDigital

Saint Hilaire e as paisagens brasileiras

< Voltar para Exposições virtuais

Espírito Santo

“Os habitantes de Vila Nova, de Aldeia Velha e Periquiaçu, vilas que darei a conhecer mais tarde, falam absolutamente a mesma língua, aquela que os jesuítas chamavam língua geral e da qual haviam feito o dicionário e a gramática. Nestes encontrei palavras que meu velho índio já me havia dito em São Pedro dos Índios; na maior parte, eram as mesmas que se empregavam em Vila Nova; entretanto, algumas e principalmente os verbos, oferecem diferenças, sem dúvida, introduzidas pelo tempo e pela falta de comunicações. O quadro seguinte mostrará não só essas diferenças, mas também algumas das que existem entre os dialetos atuais de São Pedro, como de Vila Nova de Almeida, e a língua geral tal como os jesuítas a escreveram no seu dicionário, obra provavelmente composta no século XVI.”


(Saint-Hilaire, sobre o vocabulário dos índios de Vila Nova de Almeida, em “Viagem ao Espírito Santo e Rio Doce”)