Manuel Antônio de Almeida

Manuel Antônio de Almeida

Manuel Antônio de Almeida

Nome completo: Manuel Antônio de Almeida

Nascimento: 17/11/1831 – Rio de Janeiro, RJ

Falecimento: 28/11/1861 – Rio de Janeiro, RJ

Forma autorizada: Almeida, Manuel Antonio de

Biografia

Em 17 de novembro de 1831, no Estado do Rio de Janeiro, Manuel Antônio de Almeida nasceu. No mesmo Estado também morreu, transcorridos apenas 30 anos e onze dias de seu nascimento.

Concluiu os estudos preparatórios no Colégio São Pedro de Alcântara. Iniciou, mas desistiu do curso de Desenho na Escola de Belas-Artes, após a conclusão dos estudos preparatórios e, em 1848, foi admitido na Escola de Medicina, onde se formou em 1855. Não seguiu esta profissão, continuou como jornalista. Como trabalho, ainda no tempo de estudante, fez traduções para o jornal A Tribuna Católica. Foi jornalista do Correio Mercantil.

Decorridos dois anos de sua formação, Manuel foi nomeado diretor da Imperial Academia de Ópera Nacional. No mesmo ano ainda, o escritor iniciou um cargo público que lhe rendia dinheiro para o sustento: o cargo era o de administrador da Tipografia Nacional.

Com certo sucesso que fora fazendo, Manuel Antônio de Almeida foi tendo certa ascensão em sua carreira. Desta forma, participou da fundação do Liceu de Artes e Ofícios. Passou a ser, no fim do ano seguinte, já em 1859, segundo-oficial da Secretaria de Negócios da Fazenda. Teve uma vida curta, bem como carreira literária. Escreveu o romance Memórias de Um Sargento de Milícias (1854-1855) e o poema Dois Amores (1860), baseado numa obra do italiano Piave.

Memórias de um Sargento de Milícias